Valença FM – 101,9

Ooops ! You forgot to enter a stream url ! Please check Radio Player configuration


Detran-BA abre concurso com salários de até R$ 3,1 mil; veja cargos

Inscrições para o certame começam no dia 25 de junho e seguem até 1º de julho

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN-BA) abriu um concurso para contratação de profissionais, que atuaram na sede em Salvador, com salários que podem chegar até R$ 3,1 mil. Os contratados atuaram como ‘Técnico Nível Superior na área de Apoio Jurídico’.

Segundo informações publicadas em edital e no site PCI Concursos, 15 vagas serão preenchidas. O requisito exigido é diploma devidamente registrado, de conclusão de curso superior de Bacharel em Direito fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

No quantitativo de vagas acima mencionado, encontram-se as reservadas para candidatos (PCD) que se enquadrem nos itens especificados no edital de abertura.

Se contratados, os candidatos terão remuneração no valor do vencimento básico de R$ 1.480,41, acrescido de gratificação de R$ 1.672,89, o que totaliza R$ 3.153,30 ao mês. A carga horária será de 40 horas semanais.

As inscrições iniciam no dia 25 de junho de 2024 e segue até às 23h59 do dia 1º de julho de 2024. Todo o cadastramento é feito exclusivamente via internet. A classificação dos candidatos será por meio da análise de títulos, de acordo com os critérios de pontuação especificados no edital.

O prazo de validade do presente processo seletivo será de dois anos, contados da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Fonte: Blog do Valente

Replicada por: Simone Meireles

Mais de 1,5 mil policiais civis vão atuar no São João da Bahia 2024

Cerca de 1,529 policiais civis estarão trabalhando no São João da Bahia 2024, os agentes de segurança serão distribuídos em mais de seis mil plantões, atuando na capital do estado, Região Metropolitana de Salvador (RMS) e interior da Bahia.

Visando coibir os crimes realizados durante os festejos juninos e aumentar a segurança para os baianos e turistas. Os policiais civis irão recepcionar ocorrências, lavrar procedimentos e desempenhar ações educativas, investigativas e de inteligência.

Em Salvador, nos bairros do Pelourinho, Periperi, Paripe e no Parque de Exposições terão equipes ostensivas e veladas. Já na RMS e no interior, a Polícia Civil vai estar atuando em cerca de 325 municípios que terão festejos juninos.

Fonte: BAHIA.

Por: Pretta Passos

MARCOS MEDRADO PARTICIPA DA FESTA DE SANTO ANTONIO NO ENTRONCAMENTO DE VALENÇA

 

O pré-candidato a prefeito de Valença, Marcos Medrado, participou hoje (13/06) da Festa de Santo Antônio no Entroncamento de Valença.

Durante o evento, Medrado cumprimentou amigos, conheceu mais pessoas da região e elogiou o trabalho da comunidade. Além disso, fez questão de degustar um churrasco maravilhoso servido aos convidados.

Sempre aproveitando essas visitas, o pré-candidato conversa com os moradores das localidades para compreender os problemas de cada lugar.

Mesmo sem mandato, Medrado mantém uma boa relação com o governo e busca constantemente melhorias para as comunidades.

Ele ressaltou que as melhorias no centro da cidade e no Distrito do Orobó são apenas o começo de uma grande jornada que está por vir.

>>>Blog do Pelegrini>>>Por Alberval Figueirêdo

“Para nós é inegociável”, diz Wagner sobre privatizações das praias

Wagner também ressaltou que para ele a medida é apenas mais uma ação que fortalece a especulação imobiliária

Declaração vem após o relator da proposta, decidir alterar o texto para ressaltar que o acesso ao litoral brasileiro seguirá livre para a população

O senador Jaques Wagner (PT) reforçou, na manhã desta sexta-feira, 14, seu posicionamento referente à alteração feita por Flávio Bolsonaro (PL) sobre a chamada “PEC das Praias” (Proposta de Emenda Constitucional nº 03/2022). Ao Portal A TARDE, o petista comentou que a proposta para ainda é “inegociável”.

“Eu considero que é inadmissível a privatização de praia. Isso não existe no Brasil e nem deve existir, porque é um lazer que pertence a todo mundo, de pobre a rico, é exatamente a praia que você vai nos finais de semana, leva sua família, se distrai, se diverte.

Passeio em Praia do Forte e Guarajuba - Passeie e conheça as charmosas e luxuosas praias do Forte e Guarajuba | Dendê Turismo

Praia do Forte, Mata de São, João Bahia

Então esse item para nós é inegociável”, disse, durante evento de assinatura do início da ordem de serviço para a implantação do Veículo Leve de Transporte (VLT).

Wagner também ressaltou que para ele a medida é apenas mais uma ação que fortalece a especulação imobiliária do que de fato um projeto focado na sustentabilidade dos locais.

“Outro item que preocupa é que são áreas que de uma certa forma embelezam a cidade, que é a área costeira de uma cidade. Então tem que ver o que está se pretendendo exatamente com isso aí, se você me perguntar hoje qual é o meu conceito hoje, é contra.

Óbvio que cada mudança que se faz temos que analisar, mas na minha opinião o projeto em si, serve mais ai eventualmente a especulação imobiliária do que atender a questão ambiental e social do país”, concluiu.

Mudança na PEC das Praias

Após grande repercussão da PEC, ao ser aprovada na Câmara dos Deputados e chegar ao Senado, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), relator da proposta, decidiu alterar o texto para ressaltar que o acesso ao litoral brasileiro seguirá livre para a população.

A ideia do senador é afastar a interpretação de que a proposta visa “privatizar” as praias, ao supostamente restringir o acesso às águas do mar no litoral do Brasil.

>>>Por Alberval Figueirêdo

“Uma das melhores estruturas”, garante Rui Costa sobre obras do VLT

Paulo M Azevedo/BNews

As obras autorizadas referentes ao Veículo Leve de Transporte (VLT) foram autorizadas mediante assinatura, realizada nesta sexta-feira (14), na Estação da Calçada. O investimento alcançará a mobilidade urbana de Salvador e da Região Metropolitana da capital baiana (RMS). Ao lado do governador Jerônimo Rodrigues (PT), o ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), avaliou o benefício.

“Uma obra estruturante e sei que, não só Salvador, mas Simões Filho e toda Região Metropolitana aguardam ansiosas essa obra. Agora é uma obra ampliada do projeto original, além do Subúrbio, chegando a Águas Claras, à Orla.

Isso fará com que Salvador e Região Metropolitana tenha uma das melhores estruturas de mobilidade urbana, eu diria da eletromobilidade,e garantindo, portanto ao metrô, VLT, um modal moderno, completo, seguro, rápido para a população”, destacou.

Lançado em dezembro do ano passado pela Companhia de Transportes do estado da Bahia (CTB), por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), o novo edital envolve três trechos: Ilha de São João a Calçada; Paripe a Águas Claras; e Águas Claras a Piatã.

Ao todo, o percurso será de 36,4 quilômetros, com 34 paradas e inclui, entre outras intervenções, a revitalização da Estação Ferroviária da Calçada.

>>>BNews>>>Por Alberval Figueirêdo

Tebet descarta desvinculação de aposentadorias do salário mínimo

Segundo ministra, pasta discute “modernização” de benefícios

A desvinculação do piso das aposentadorias ao salário mínimo “não passa pela cabeça” do governo, disse nesta quarta-feira (12) a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet. Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento, ela disse que a pasta estuda a “modernização” de benefícios como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o abono salarial e o seguro-desemprego.

“Não passa pela cabeça do presidente Lula nem da equipe econômica desvincular a aposentadoria do salário mínimo. Estamos analisando a possibilidade de modernizar benefícios previdenciários [não relacionados à aposentadoria] e trabalhistas”, disse a ministra.

Tebet ressaltou que as discussões ainda estão em fase inicial e estão sendo feitas pelos técnicos da pasta, sem que nenhuma decisão tenha sido tomada. “Acho que mexer na valorização da aposentadoria é um equívoco. Vai tirar com uma mão e ter que dar com outra. Temos de modernizar as demais vinculações. O BPC, o abono salarial, como estão essas políticas públicas. A discussão está sendo feita internamente, mas não há decisão política”, acrescentou.

Revisão de gastos
A ministra disse que a etapa mais difícil do ajuste fiscal está começando, com a revisão de gastos. Ela própria admitiu que o espaço para medidas para aumentar a arrecadação está diminuindo. “Como o próprio ministro Haddad falou, não temos plano B em relação à desoneração. Isso significa que as novas fontes de receita estão se esgotando. O lado bom disso é que vamos ter de acelerar a esteira da revisão de gastos”, disse Tebet.

A ministra referiu-se à declaração do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, após a devolução parcial da medida provisória que pretendia limitar compensações do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Segundo ela, agora o governo precisa “realinhar e requalificar” os gastos públicos.

“Temos plano A, plano B, plano C e plano D na revisão de gastos, porque ela mal começou. Não é por outra razão e ninguém esconde isso, ela mal começou porque é o trabalho mais difícil de fazer, é complexo e envolve deliberação do Congresso Nacional”, justificou a ministra.

De acordo com Tebet, há três frentes de diminuição de gastos. A primeira é a fiscalização e eliminação de fraudes de programas sociais, como o Bolsa Família. A segunda é a redução de incentivos fiscais. A terceira é a modernização de despesas obrigatórias, como saúde, educação e benefícios previdenciários.

Saúde e educação
Embora o ministro Haddad tenha dito na terça-feira (11) que pretende propor mudanças no formato dos pisos constitucionais da saúde e da educação, Tebet afirmou que a limitação do crescimento dos limites a 2,5% de aumento acima da inflação por ano não está em discussão. “Ninguém está dizendo que vai limitar a 2,5%”, declarou.

Uma eventual mudança da regra tem como objetivo evitar o colapso do novo arcabouço fiscal porque os pisos para a Saúde e a Educação cresceriam mais que os gastos discricionários (não obrigatórios) dos ministérios nos próximos anos. O próprio Tesouro Nacional estima que o espaço para as despesas livres do governo será comprimido ano a ano, até se extinguir em 2030, caso as regras para os limites mínimos de Saúde e Educação não sejam alteradas.

Fonte: Bahia.ba

Replicada por: Simone Meireles

Nunca tive dúvidas da construção do Sistema Rodoviário Ponte Salvador-Itaparica, afirma Marcos Medrado

 

Radialista Marcos Medrado visitando amigos

“Nunca tive dúvidas de que a construção do Sistema Rodoviário Ponte Salvador-Itaparica é uma realidade.” A afirmação é do empresário e radialista Marcos Medrado, após o governador Jerônimo Rodrigues ter anunciado nas redes sociais, nesta terça-feira (11), que a construção do Sistema Rodoviário Ponte Salvador-Itaparica passou para uma nova etapa, quando foram iniciadas as perfurações da sondagem em águas rasas, ou seja, até 10 metros de profundidade.

Este é o começo de uma fase importante para a concretização do projeto e acontece, inicialmente, do lado de Vera Cruz. Em seguida, a plataforma que realiza os furos percorrerá o trecho de 1.5 km da margem do lado de Salvador.

“A sondagem é uma fase importante para o estudo das características do solo onde serão instalados os pilares da ponte.

O trabalho segue firme, com foco no desenvolvimento do nosso estado, para concretizarmos esse projeto que vai transformar o cenário socioeconômico da região, integrando ainda mais a nossa Bahia”, destacou Jerônimo.

Nesta etapa, a sondagem é executada por uma perfuratriz acoplada a uma plataforma estilo Jack Up, com uma maior estrutura e dimensão, pelo grau de complexidade do processo.

Ao todo, serão 22 furos em lâmina d’água com até 10 metros de profundidade. A sondagem consiste na coleta de fragmentos do solo marinho no local onde serão instalados pilares da ponte.

Em seguida, os materiais serão analisados por laboratórios especializados, responsáveis por oferecer relatórios detalhados com informações sobre o solo da área. Essa atividade começou com os trabalhos em terra no dia 31 de janeiro deste ano, em Vera Cruz

Sinalização náutica

Visando garantir a segurança no mar tanto para as embarcações em trânsito, como para os profissionais em atividade na sondagem, a plataforma está devidamente sinalizada com luzes de modo a indicar a sua área de atuação. Esta é uma ação que atende aos requisitos da Marinha do Brasil.

Ainda com o objetivo de orientar a comunidade marítima local e garantir a segurança da navegação na Baía de Todos-os-Santos, a Marinha emite avisos aos navegantes antes da movimentação das embarcações e dos equipamentos envolvidos na sondagem.

Por Alberval Figueirêdo

PF indicia Juscelino Filho, ministro das Comunicações, em caso de suposto desvio de emendas

Ministro de Lula é acusado de irregularidade que favoreceram a cidade comandada por sua irmã, Luanna Rezende, que chegou a ser afastada do cargo no ano passado

Juscelino Filho: ministro de Lula foi indiciado pela PF (Agência Brasil/Agência Brasil)

A Polícia Federal (PF) indiciou o ministro das Comunicações do governo Lula, Juscelino Filho (União-MA), por suposta participação em um esquema de desvios de emendas parlamentares via Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A informação foi divulgada inicialmente pela Folha de S. Paulo.

O ministro é suspeito de ter cometido os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O indiciamento foi enviado ao Supremo Tribunal Federal. O relator da ação é o ministro Flávio Dino, ex-colega de Juscelino na esplanada dos ministérios de Lula.

As operações da PF sobre o caso visam desarticular uma suposta organização criminosa que promovia fraudes licitatórias, desvios de recursos públicos e lavagem de dinheiro, envolvendo verbas federais da Codevasf. A emenda parlamentar investigada indicada por Juscelino foi de quando ele era deputado federal, antes de assumir o cargo de ministro.

Um desses desvios serviu para a para a pavimentação de ruas da cidade de Vitorino Freire, no interior do Maranhão. A irmã de Juscelino, Luanna Rezende, é prefeito da região. Ela chegou a ser afastada do cargo no ano passado, mas retomou o mandato após decisão do Supremo Tribunal Federal.

Por Alberval Figueirêdo

Mais de 1,88 mil veículos elétricos e híbridos foram vendidos na Bahia em 2024

Segundo dados da ABVE, 62% (1.186) dos veículos foram emplacados em Salvador e 38% (699) no interior do estado

 

De acordo com dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), já foram vendidos 1.885 veículos leves eletrificados – elétricos e híbridos – na Bahia, nos cinco primeiros meses de 2024. Deste total, 62% (1.186) dos carros foram emplacados em Salvador e 38% (699) no interior do estado.

Segundo a ABVE, as vendas mensais deste segmento continuam crescendo no estado, alcançando 409 unidades, somente em maio. A atuação do setor na Bahia representa 3% do mercado nacional.

Os híbridos (HEV e PHEV), que misturam motor elétrico e motor a combustão, continuam os mais vendidos, e representaram 55% dos emplacamentos de eletrificados na Bahia entre janeiro e maio.

Um levantamento da Bain & Company aponta que um a cada quatro brasileiros já considera a compra de um veículo elétrico. Enquanto cresce o interesse pelos novos modelos, o mercado local se adapta com agilidade: uma estimativa da ABVE aponta que o número de eletropostos deve triplicar até 2025, chegando a 10 mil no país.

Fonte: Bahia.ba

Replicada por: Simone Meireles

Presidente do Solidariedade é alvo de mandado de prisão da PF por desvio de R$ 36 milhões

Investigação aponta que dinheiro foi desviado do fundo eleitoral e bancou helicóptero e compras pessoais

A Polícia Federal aponta, ainda, que Eurípedes Júnior comprou um helicóptero para si com dinheiro público, desviado do fundo eleitoral

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (12) 45 mandados de busca e apreensão e 7 de prisão preventiva por desvio de dinheiro do fundo eleitoral. A CNN apurou que o principal alvo dos agentes é Eurípedes Júnior, presidente do Solidariedade.

Eurípedes – que também foi dirigente do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), sigla que se fundiu ao Solidariedade em 2023 – é um dos alvos de mandado de prisão preventiva; dos sete que foram expedidos, apenas o dele ainda não foi cumprido. A PF faz buscas para localizar o político.

Os mandados são cumpridos no Distrito Federal, em Goiás e São Paulo, sendo em endereços ligados ao político e locais pertencentes ao Solidariedade.

Em Brasília, quatro ex-candidatos a deputados distritais pelo Pros também são alvos de buscas. A PF aponta que as candidaturas foram laranja, para recebimento de dinheiro do fundo partidário.

Segundo a investigação da PF, em apenas uma candidatura laranja houve um repasse de R$ 2 milhões. Em outra, R$ 1,5 milhão.

O total de desvio atribuído ao presidente da legenda é de R$ 36 milhões, mas os investigadores dizem que o número pode ser ainda maior.

As fraudes antigas, segundo a PF, aconteceram entre 2019 até o ano passado. A tesoureira do Pros, à época, também é alvo da PF nesta terça.

Compra de helicóptero

A Polícia Federal aponta, ainda, que Eurípedes Júnior comprou um helicóptero para si com dinheiro público, desviado do fundo eleitoral.

Em 2015, a aeronave foi comprada por R$ 2,4 milhões, cerca de R$ 5 milhões em valores atuais .

O helicóptero é um Robinson R66 Turbine, e, assim como imóveis e outros veículos, faz parte de uma série de aquisições irregulares do partido durante a gestão de Eurípedes Júnior, segundo apurações da Polícia Federal.

As investigações apontam que ele usava o helicóptero para fins pessoais em deslocamentos de Planaltina (GO), onde tem residência, até a sede do partido, em Brasília.

A PF também diz que o político desviou maquinários de obras particulares.

Por conta desses casos, ele é investigado por organização criminosa, lavagem de dinheiro, furto e os demais relacionados a crimes eleitorais.

Outro lado

CNN tenta contato com Eurípedes Júnior para comentar a operação e aguarda resposta.

Em nota, o Solidariedade disse que “são fatos ocorridos antes da união do Pros com o Solidariedade”. “Estamos tomando pé da situação e ainda não temos uma posição sobre os fatos”, disse o partido.

Por Alberval Figueirêdo